Janeiro Branco: SBEM-ES adere à campanha pela saúde mental

No mês de janeiro, muitos de nós somos convidados a pensar sobre nossas vidas e a fazer planos. E muitos desses planos podem despertar gatilhos. Isto porque diversos pesquisadores e estudantes sofrem cotidianamente com ansiedade e depressão.

Um estudo da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), divulgado em 2016, indicou que sete em cada dez alunos de instituições federais no Brasil sofrem de algum tipo de dificuldade mental ou emocional – como estresse, ansiedade ou depressão. Na pós-graduação, mestrandos e doutorandos têm seis vezes mais chance de sofrer ansiedade e depressão do que a população geral. E entre os professores, a situação não é diferente, sobretudo com as demandas de trabalho doméstico decorrentes da pandemia do novo coronavírus. Conheça os estudos citados.

Preocupados com a saúde de todos, a SBEM-ES adere à campanha “Janeiro Branco” promovida localmente pelo Governo do Espírito Santo. O tema foi instituído no Calendário Oficial do Estado pela Lei nº 11.078. A iniciativa tem como objetivo chamar atenção das pessoas sobre os assuntos relacionados à saúde mental e à importância da prevenção de doenças emocionais, como depressão, ansiedade e pânico. Assista a reportagem do ESTV2 regional Sul, divulgada em janeiro de 2021.

Criada em 2014, em janeiro de 2022 a Campanha Janeiro Branco chega à sua 9a edição e faz um alerta à humanidade: em tempos de prolongada pandemia, de crises sanitárias, sociais, políticas, ecológicas e econômicas em escala global, o mundo pede Saúde Mental. Estudos recentes (e produzidos por diferentes tipos de instituições sociais em vários países do mundo) chamam a atenção para o importante desafio que a humanidade não pode mais desprezar: é urgente a criação de uma cultura da Saúde Mental em meio a todas as relações das quais os seres humanos participam.

Serviços

A Secretaria da Saúde (Sesa) do Espírito Santo mantém três Centros de Atenção Psicossocial (Caps), que são referência no tratamento para pessoas adultas que sofrem com transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e demais quadros. Estes serviços são os Caps Cidade, que fica localizado no Centro Regional de Especialidades, em Jardim América; Caps Cachoeiro, localizado no município de Cachoeiro de Itapemirim, e o Caps Moxuara, também localizado em Cariacica.

A inserção neste serviço acontece por orientação ou solicitação, após agendamento para o acolhimento e a compreensão da demanda e do quadro do possível usuário do centro. Em seguida, são realizadas a análise psicossocial e a avaliação do perfil da pessoa atendida. Assim, é construído o Projeto Terapêutico Singular e agendada uma consulta com o psiquiatra.

É importante frisar também que havendo necessidade, em caso de surto psiquiátrico, é preciso acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), para encaminhamento ao hospital de referência.

Saiba mais em saude.es.gov.br e em janeirobranco.com.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s