Ifes divulga edital com vagas para transferência e novo curso

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) divulgou, nesta sexta-feira (15), um edital com 465 oportunidades para quem deseja solicitar transferência para a instituição, ou realizar um segundo curso de graduação. As inscrições devem ser feitas entre os dias 25 e 29 de janeiro no campus do curso pretendido.

Há vagas nos cursos de Licenciatura em Matemática nos campi de Cachoeiro de Itapemirim e Vitória. Para o primeiro, haverá análise de documentação; para o curso da capital, o processo seletivo inclui prova escrita. As datas e horários e documentos necessários devem ser verificados no edital do PS 11/2016. O resultado final será divulgado no dia 24 de fevereiro.

Pague anuidade 2016 com desconto!

anuidade2016

Já está disponível o desconto de cinco por cento sobre o valor da anuidade 2016 para o associado que efetuar o pagamento até o dia 28 de fevereiro. A filiação à SBEM tem um significado importante tanto pela identificação de cada um como membro da Sociedade, quanto pela participação na sua edificação, manutenção e desenvolvimento. Cada filiado é responsável pelas informações contidas em seu cadastro e de posse de sua senha terá:

  • acesso aos periódicos eletrônicos publicados pela SBEM: Educação Matemática em Revista (EMR) e Revista Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (RIPEM), ambos com três publicações anuais;
  • recebimento por e-mail do Boletim SBEM divulgado eletronicamente com periodicidade mensal;
  • descontos na aquisição de volumes da Coleção SBEM;
  • participação ativa na Assembleia Geral dos Sócios da SBEM com direito de votar e ser votado para cargos de estrutura organizacional da SBEM.

Além disso, os filiados à SBEM recebem descontos nas inscrições para participação em atividades promovidas pela sociedade e outros descontos firmados em acordos entre a SBEM e outras entidades ou instituições. Lembramos que este ano temos o principal evento de Educação Matemática do nosso país: o XII Encontro Nacional de Educação Matemática. Só neste evento, os descontos variam de R$ 15 a R$ 50,  de acordo com a categoria e período de inscrição.

O pagamento da anuidade deve ser realizado pelo PagSeguro, com depósito bancário, transferência eletrônica de valores, emissão de boleto bancário ou com cartão de crédito (com possibilidade de parcelamento). O valor varia de R$ 50 a R$ 250, de acordo com a categoria. Para ter acesso ao desconto, é necessário acessar o link filiações e clicar em “Não sou sócio” (para preencher sua ficha de cadastro)  ou “já sou sócio” (para apenas gerar a sua anuidade).

Assim, fica o convite para aqueles que ainda não fazem parte de nossa Sociedade para que se filiem e venham ajudar a compor nosso coletivo de educadoras e educadores matemáticos.

Vestibulares para matemática em instituições públicas do Espírito Santo

O Ministério da Educação anunciou que os estudantes interessados em candidatar-se ao ‪Sisu‬ já podem consultar a oferta de vagas, com a distribuição por cursos e instituições. Segundo o órgão, na primeira edição de 2016, que terá prazo para inscrições de 11 de janeiro até às 23h59 do dia 14 do mesmo mês, serão oferecidas 228 mil vagas em 131 instituições públicas de ‪‎educação superior‬.

No Espírito Santo, são ofertadas 80 vagas para o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), no campus de Cachoeiro do Itapemirim, eleito melhor curso de matemática segundo o Conceito Preliminar de Curso, e no campus Vitória, terceiro nesse mesmo ranking.

sisu-mat-es

Além das vagas para licenciatura e bacharelado, existe a possibilidade de se cursar Matemática Industrial, em São Mateus, norte do Espírito Santo.

sisu-mat-ind-es

Confira aqui a lista com todas as instituições do país que oferecem vaga para Matemática.

Ministério da Educação divulga resultados do Enade 2014

O Ministério da Educação divulgou nesta sexta-feira, 18, o resultado do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) referente ao ano de 2014. O Conceito Enade é um indicador de qualidade que avalia o desempenho dos estudantes a partir dos resultados obtidos no Enade. Dos cursos de Licenciatura em Matemática ofertados no Espírito Santo, dois obtiveram nota 4, quatro obtiveram nota 3 e um obteve nota 2, numa escala máxima de 5. Confira a lista completa:

Conceito 4

  • Instituto Federal do Espírito Santo – campus Cachoeiro do Itapemirim
  • Universidade Federal do Espírito Santo – campus de Alegre

Conceito 3

  • Instituto Federal do Espírito Santo – campus Vitória
  • Faculdade da Região Serrana (Farese)
  • Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre
  • Centro Universitário São Camilo

Conceito 2

  • Universidade Federal do Espírito Santo – campus Goiabeiras (Vitória)

Junto ao resultado do Enade 2014, foi divulgado o Conceito Preliminar de Curso (CPC), que é um indicador de qualidade que avalia os cursos superiores com base na avaliação de desempenho de estudantes (Enade), corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos e demais insumos. Assim como o conceito Enade, o CPC também é informado em uma escala máxima de 5.

3,213 – Instituto Federal do Espírito Santo – campus Cachoeiro do Itapemirim
3.149 – Universidade Federal do Espírito Santo – campus de Alegre
2,902 – Instituto Federal do Espírito Santo – campus Vitória
2,284 – Faculdade da Região Serrana (Farese)
2,060 – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre
2,036 – Centro Universitário São Camilo
1,866 – Universidade Federal do Espírito Santo – campus Goiabeiras (Vitória)

Em nota, a Ufes informou que a Secretaria de Avaliação Institucional da Universidade vai analisar junto aos coordenadores do colegiado do curso de Licenciatura em Matemática do campus Goiabeiras, que obteve conceito 2,  quais foram os itens que influenciaram negativamente na nota para que medidas de melhoria possam ser implementadas.

As tabelas com as informações completas sobre o Enade 2014 e o CPC estão disponíveis no endereço eletrônico http://portal.inep.gov.br/educacao-superior/indicadores/conceito-enade

Projeto de graduação sanduíche da Ufes é selecionado pela Capes para intercâmbio em Portugal

O Projeto de Cooperação Internacional para a Formação de Professores de Biologia, Matemática e Química, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), foi aprovado em 4º lugar no Programa de Licenciaturas Internacionais (Edital Capes 74/2014). O projeto, construído em uma parceria entre a Ufes e a Universidade de Lisboa, será coordenado pela professora Julia Schaetzle Wrobel e envolverá alunos dos cursos de Licenciatura em Matemática e em Ciências Biológicas, do campus Goiabeiras, e em Química, do campus São Mateus. Além da professora Júlia, a equipe docente do projeto é formada pelos professores, Etereldes Gonçalves Júnior, Junia Freguglia Machado Garcia e Mirian do Amaral Jonis Silva.

Nesta edição do Programa de Licenciaturas Internacionais foram contemplados 17 projetos para intercâmbio com instituições portuguesas, visando principalmente à melhoria do ensino dos cursos de licenciatura e a formação de professores. O início das atividades está previsto para fevereiro de 2016.

Parabenizamos toda a equipe envolvida na elaboração e submissão dos projetos, que teve assessoria da Secretaria de Relações Internacionais da UFES. Confira aqui a lista completa de projetos aprovados,

Comissão eleitoral convida para a posse da nova diretoria regional

A Comissão Eleitoral convida a todos para a posse da nova diretoria SBEM-ES que exercerá o mandato no período de 17 de outubro de 2015 à 16 de outubro de 2018. A cerimônia acontece amanhã, dia 16/10, às 16h30, no Auditório da Mecânica do Ifes – Campus Vitória. A assinatura do termo de posse também será aberta ao público e acontecerá no dia 17/10, 10h, no Laboratório de Matemática do Ifes – Vitória.

Conheça a chapa eleita:

  • Diretor: Rony Cláudio de Oliveira Freitas (Ifes – Vitória)

Concluiu doutorado em Educação em 2010 e mestrado em Informática em 2004, ambos pela Universidade Federal do Espírito Santo e com pesquisas no campo da Educação Matemática. Atualmente é professor no Instituto Federal do Espírito Santo, atuando no Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática e na Licenciatura em Matemática. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática do Espírito Santo – GEPEM-ES, e tem focado suas pesquisas e trabalhos em recursos didáticos de Matemática em mídias diversas e práticas pedagógicas de professores que ensinam Matemática na Educação Básica, na Educação de Jovens e Adultos e na Educação a Distância.

  • Vice-Diretor: Moysés Gonçalves Siqueira Filho (Ufes – São Mateus)

Pós-Doutorado (Universidade Federal de São Paulo – Unifesp/Brasil; Université de Limoges – Unilim/França, 2013/15); Doutorado em Educação pela Unicamp (2008) e Mestrado em Educação pela Ufes (1999), ambos com área de concentração em Educação Matemática; Licenciado em Matemática (1986). Professor Ajunto IVI da Ufes. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica (PPGEEB-UFES). Membro dos Grupos de Pesquisa: HIFEM – História, Filosofia e Educação Matemática – (Unicamp); Educação Matemática, História e Diversidade Cultural (UFES); GHEMAT – Grupo de Pesquisa de História da Educação Matemática no Brasil (Unifesp).

  • Primeiro Secretário: Lauro Chagas e Sá (Ifes – Linhares)

Licenciado em Matemática pelo Instituto Federal do Espírito Santo (2014), especialista em Tecnologia Educacional pelo Centro de Estudos Avançados em Pós-Graduação e Pesquisas (2015) e Mestrando em Educação em Ciências e Matemática pelo Instituto Federal do Espírito Santo. É Professor Efetivo do Instituto Federal do Espírito Santo, atuando como Coordenador de Gestão de Processos Educacionais do Pibid/Ifes e Editor de seção da Revista Eletrônica Sala de Aula em Foco. É líder do Núcleo de Investigações em Ensino de Matemática na Educação Profissional (Niemep) e membro do Grupo de Estudos em Educação Matemática do Espírito Santo (Geem/ES) e do Grupo de Pesquisas em Práticas Pedagógicas de Matemática (Grupem).

  • Segunda Secretária: Aparecida Ferreira Lopes (Prefeitura Municipal de Vila Velha)

Mestranda no Mestrado Profissional de Ciências e Educação Matemática (Educimat) no Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Vitória. Graduação em Matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo (1998) e Especialização em Matemática (2001) pela Faculdade da Região dos Lagos- RJ). Professora Efetiva da EJA – e Anos Finais do Ensino Fundamental na Prefeitura Municipal de Vitória e Prefeitura Municipal de Vila Velha. Formadora de professores de Matemática anos iniciais/finais pelo PNAIC e Coordenadora do grupo de estudo de professores de Matemática na rede Municipal de Educação de Vila Velha.

  • Primeiro Tesoureiro: Alex Jordane de Oliveira (Ifes – Vitória)

Possui graduação em Matemática pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo. Professor do Instituto Federal do Espírito Santo, lecionando no ensino médio técnico, na Educação de Jovens e Adultos, na licenciatura em Matemática, em cursos de pós-graduação em PROEJA e no Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática e na Licenciatura em Matemática.

  • Segunda Tesoureira: Rubia Carla Pereira (Secretaria de Educação do Espírito Santo)

Possui graduação em Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo (2003), com especialização em Logística de Produção Integrada pela Ufes (2005) e em Novas Tecnologias Educacionais pelas Faculdades Integradas de Jacarepaguá (2009). É Professora de Ensino Médio da Secretaria de Educação do Estado do Espírito Santo, SEDU/ES.

  • Primeiro Suplente: Antônio Henrique Pinto (Ifes – Vitória)

Professor do Instituto Federal de Educação do Espírito Santo. Docente e pesquisador nas áreas de Formação de Professores de Matemática, Currículo e Práticas Pedagógicas no Ensino de Matemática, História da Educação e Educação Profissional. Doutorado em Educação (FE-Unicamp), Mestrado em Educação (CE-UFES), Graduação em Licenciatura de Matemática. Docente do Programa de Mestrado Profissional Educação em Ciências e Matemática (IFES). Coordenador de Grupo de Pesquisa História, Currículo e Formação de Professores. Coordenador da Área de Matemática do PIBID-Iniciação à Docência.

  • Segunda Suplente: Julia Schaetzle Wrobel (Ufes – Goiabeiras)

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1998), mestrado em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2001) e doutorado em Matemática pela Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (2005). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Espírito Santo, onde trabalha principalmente com formação de professores de matemática. É coordenadora de área do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à docência (PIBID) – subprojeto Matemática e do Laboratório de Ensino e Aprendizagem em Matemática (LEAMA)da UFES.