3º Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação Matemática

Nos dias 31 de outubro de 01 e 02 de novembro de 2016, acontecerá, na UFES, campus São Mateus, o 3º Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação (ENAPHEM) com o tema: História da Educação Matemática e formação de professores.

O evento dá continuidade ao debate, discussão e divulgação dos estudos sobre história da educação matemática no Brasil. O evento tem como antecessores o 1° Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação Matemática – 1º ENAPHEM –, realizado em novembro de 2012, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, em Vitória da Conquista, e o 2º ENAPHEM, realizado em Bauru, estado de São Paulo.

As inscrições estão abertas até 23/10/2016 pelo site. Clique aqui para saber mais.

 

Anúncios

Divulgado site do XII Encontro Nacional de Educação Matemática

Desde a década de 1980, diversos grupos constituídos por professores, estudantes e pesquisadores no país, preocupados com questões referentes à Educação Matemática, promoveram debates e discussões com vistas a um futuro promissor no espaço que lhes cabia no campo educativo. Essa preocupação motivou a realização do I Encontro Nacional de Educação Matemática. Hoje, este evento é o mais importante no âmbito nacional, porque congrega o universo dos segmentos envolvidos com a Educação Matemática: professores da Educação Básica, Professores e Estudantes das Licenciaturas em Matemática e em Pedagogia, Estudantes da Pós-graduação e Pesquisadores. A cada encontro, constatamos o interesse pelas discussões sobre a Educação Matemática, seus fazeres múltiplos e complexos, novas tendências metodológicas e pesquisas que dão sustentação ao campo.

O I Encontro Nacional de Educação Matemática – ENEM, na PUC –SP em 1987. No ano seguinte, em 1988, realizou-se o II ENEM, na cidade de Maringá-PR, no qual ocorreu a fundação da Sociedade Brasileira de Educação Matemática –SBEM. A partir de então a SBEM realizou os ENEMs seguintes, até 1995 bianualmente e após trianualmente. Sequencialmente a história dos ENEMs foi sendo construída. O III ENEM ocorreu em Natal – RN (1990), o IV ENEM em Blumenau – SC (1993), o V ENEM em Aracajú –SE (1995), o VI ENEM em São Leopoldo – RS (1998), o VII ENEM no Rio de Janeiro –RJ (2001), o VIII ENEM em Recife –PE (2004), o IX ENEM em Belo Horizonte MG (2007), o X ENEM em Salvador – BA (2010) e o XI ENEM em Curitiba – PR (2013).

O XII Encontro Nacional de Educação Matemática será realizado em São Paulo, de 13 a 16 de julho de 2016, no Campus Anália Franco da Universidade Cruzeiro do Sul. O valor das inscrições varia de R$ 60 a R$ 300, de acordo com o perfil do participante e a data em que a inscrição será realizada. O XII ENEM aceita a submissão de trabalhos nas seguintes modalidades: Comunicação Científica (CC), Relato de Experiência (RE), Pôster (PO) e Minicurso (MC). Confira as principais datas do evento:

04/01/2016 – Início das inscrições e das submissões de trabalhos
15/03/2016 – Fim das submissões de trabalhos
31/05/2016 – Divulgação dos resultados
13/07/2016 a 16/07/2016 – realização do XII ENEM

Delegação do Espírito Santo é destaque na Feira Nacional de Matemática

As duas equipes capixabas foram destaque na Feira Nacional de Matemática. A quarta edição do evento foi realizada na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul – SC, e reuniu cerca de 140 exposições de 15 estados brasileiros. As Feiras de Matemática são processos educativos científico-culturais, que aliam vivências e experiências; das quais podem participar na condição de expositores, alunos matriculados na Educação Básica (compreendendo Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio), Educação Superior, Educação Especial e Professores das instituições das redes públicas e privadas, bem como pessoas da comunidade, do Brasil.

IV Feira Nacional de Matemática

IV Feira Nacional de Matemática

Os dois grupos participantes são do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e disputaram na modalidade Matemática Aplicada e/ou Inter-relação com Outras Disciplinas, categoria Ensino Médio. Os trabalhos intitulados “Estabelecendo relações entre matemática e arte a partir do estudo de transformações geométricas em obras de Escher” e “Uma análise sobre a presença da razão áurea em logomarcas de organizações atuantes no Brasil” foram desenvolvidos por Jacy Bruno Sotele e Thaina Bonfá e por Hugo Pereira Stocler e Reziele Maria Malavasi, respectivamente.

Os alunos cursam ensino médio integrado ao técnico em administração, no campus Linhares do Ifes, e foram orientados pelo professor Lauro Chagas e Sá.

No último dia de evento, as duas equipes representantes do Espírito Santo receberam o troféu de destaque – maior premiação do evento. E esta foi a primeira vez que uma equipe capixaba representa o estado no evento.

Delegação capixaba com as medalhas e troféus conquistados.

Delegação capixaba com as medalhas e troféus conquistados.

Duas equipes capixabas são selecionadas para Feira Nacional de Matemática

Duas equipes capixabas foram selecionadas para participar da Feira Nacional de Matemática. Em quatro edições do evento, será a primeira vez que o Espírito Santo estará representado na competição. As Feiras de Matemática são processos educativos científico-culturais, que aliam vivências e experiências; das quais podem participar na condição de expositores, alunos matriculados na Educação Básica (compreendendo Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio), Educação Superior, Educação Especial e Professores das instituições das redes públicas e privadas, bem como pessoas da comunidade, do Brasil.

Os dois grupos selecionados são do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e disputarão na modalidade “Matemática Aplicada e/ou Inter-relação com Outras Disciplinas”, categoria Ensino Médio. Os trabalhos intitulados “Estabelecendo relações entre matemática e arte a partir do estudo de transformações geométricas em obras de Escher” e “Uma análise sobre a presença da razão áurea em logomarcas de organizações atuantes no Brasil” foram desenvolvidos por Jacy Bruno Sotele e Thaina Bonfá e por Hugo Pereira Stocler e Reziele Maria Malavasi, respectivamente. Os alunos cursam ensino médio integrado ao técnico em administração, no campus Linhares do Ifes, e foram orientados pelo professor Lauro Chagas e Sá.

As duas equipes chegaram a expor parte das suas produções na Feira de Matemática realizada durante a 4ª Semana da Matemática do Ifes, mas prometem ampliar e aprofundar as discussões na busca pelo troféu de melhor pesquisa. A exposição dos trabalhos da IV Feira Nacional de Matemática será realizada entre os dias 15 e 17 de Julho de 2015, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul, Estado de Santa Catarina.

cartaz-iv-fnmat

30 anos de Feiras de Matemática: informações sobre a etapa capixaba e a edição nacional

Com o objetivo de melhorar o processo de ensino e aprendizagem da Matemática, as Feiras de Matemática tiveram sua origem em Blumenau-SC, no ano de 1985, com a realização da I Feira Catarinense de Matemática. Hoje, as feiras são vistas como um processo educativo científico-cultural, que alia vivências e experiências, da qual podem participar na condição de expositores, alunos matriculados na Educação Básica (compreendendo Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio), Educação Superior, Educação Especial e professores das instituições das redes públicas e privadas, bem como pessoas da comunidade, do Brasil.

Este ano, a Feira de Matemática do Espírito Santo é uma das modalidades da 4ª Semana da Matemática do Ifes. O evento será realizado entre os dias 26 e 29 de maio de 2015 e está com a submissão de trabalhos aberta até o próximo sábado (28). Já IV Feira Nacional de Matemática acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de Julho de 2015, nas dependências da Arena Jaraguá – Jaraguá do Sul/SC.

Participe!

3º Fórum Nacional sobre Currículos de Matemática: Investigações, Políticas e Práticas Curriculares

A terceira edição do Fórum Nacional sobre Currículos de Matemática, que tem como temática Investigações, Políticas e Práticas Curriculares, será realizado na Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), no período de 22 a 24 de abril de 2015.

O evento congregará educadores matemáticos das mais diversas regiões do país visando problematizar sobre os atuais desafios impostos ao ensino de Matemática. Os trabalhos a serem apresentados no 3º Fórum Nacional sobre Currículos de Matemática podem ser submetidos como Comunicação Científica (CC), Pôster (PO) ou Relato de Experiência (RE). As submissões de trabalho e as inscrições de Participantes ocorrem de 15/09/2014 a 15/03/2015. Filiados à SBEM tem 50% de desconto na inscrição. Para se filiar, clique aqui. Para acessar a página do evento, clique na imagem abaixo.

3o_forum_nacional

IX Conferência Nacional sobre Modelagem na Educação Matemática

A Modelagem Matemática estabeleceu-se em termos de práticas pedagógicas e científicas no campo da Educação Matemática nas últimas décadas. Uma vez reconhecida como área ou comunidade de pesquisa e de prática, pode-se afirmar que sobre ela concorrem e coexistem diferentes perspectivas ou concepções. E, nesse contexto, emergem resultados de pesquisa e prática que ensejam diferentes interpretações. Desse modo, ressalta-se a necessidade de debater a caracterização destas “Modelagens” e os distintos modos pelos quais elas, situadas na Educação Matemática, dialogam com diferentes contextos, como a etnomatemática, a resolução de problemas, a história da matemática e da educação matemática e com outras áreas do conhecimento, tais como:matemática, física, biologia, economia, geografia.

Frente ao exposto, a temática da IX Conferência Nacional sobre Modelagem na Educação Matemática enfatiza o fato de que apenas conhecendo e situando as diferenças é possível ampliar as discussões e avançar em direção à busca de novos rumos para a Modelagem Matemática na Educação Matemática. O evento ocorrerá de 30/04 a 02/05, na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Site do evento: http://www.ixcnmem.ufscar.br/

ix-cnmem