ALUNOS DA MATEMÁTICA DA UFES ESTÃO CONCORRENDO NO FESTIVAL DE VÍDEOS DIGITAIS NA UNESP

O Festival de Vídeo Digitais e Educação Matemática é uma iniciativa do projeto Vídeos Digitais na Licenciatura em Matemática a Distância”, coordenado pelo professor Dr. Marcelo de Carvalho Borba, da UNESP, Rio Claro. O Festival conta com o importante Apoio da Sociedade Brasileira de Educação Matemática – SBEM e da agência de Fomento CNPq.

A primeira etapa é online e, posteriormente,  acontecerá um evento presencial. Na primeira etapa, as votações são do público.

Os alunos do Curso de Licenciatura em Matemática da UFES campus Vitória, participam com dois vídeos concorrendo na categoria “Juri Popular” do II Festival de Vídeos Digitais, realizado pela UNESP – Rio Claro.

Para votar no vídeo dos nossos capixabas, basta dar um “joinha” nos vídeos publicados no Youtube:

Atenção:  o joinha precisa ser no Youtube.
Mais informações sobre o festival no link https://www.festivalvideomat.com/ii-festival .

3° Fórum Educação Matemática, Tecnologias Informáticas e Educação a Distância

O Fórum do GT6 da SBEM – Sociedade Brasileira de Educação Matemática (Educação Matemática: Novas Tecnologias e Educação a Distância) tem como principal meta congregar investigadores brasileiro que objetivam discutir Políticas Públicas voltadas para a inclusão das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) nos processos de ensino, de aprendizagem e no desenvolvimento profissional de professores de Matemática, por meio de pesquisas e ações educacionais diversas. O Fórum é um evento que conta com o apoio da SBEM.

A cidade de Vitória será a cede do 3° fórum que acontecerá nos dias 23 e 24 de Março de 2018 em parceria com a SBEM Capixaba e o Instituto Federal do ES.

A submissão dos trabalhos começam no dia 23 de outubro de 2017 e encerram em 6 de novembro de 2017. Para a inscrição, submissão de trabalhos e a programação do acesse http://ocs.ifes.edu.br/index.php/Vitoria_01/GT6

3º Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação Matemática

Nos dias 31 de outubro de 01 e 02 de novembro de 2016, acontecerá, na UFES, campus São Mateus, o 3º Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação (ENAPHEM) com o tema: História da Educação Matemática e formação de professores.

O evento dá continuidade ao debate, discussão e divulgação dos estudos sobre história da educação matemática no Brasil. O evento tem como antecessores o 1° Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação Matemática – 1º ENAPHEM –, realizado em novembro de 2012, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, em Vitória da Conquista, e o 2º ENAPHEM, realizado em Bauru, estado de São Paulo.

As inscrições estão abertas até 23/10/2016 pelo site. Clique aqui para saber mais.

 

Divulgado site do XII Encontro Nacional de Educação Matemática

Desde a década de 1980, diversos grupos constituídos por professores, estudantes e pesquisadores no país, preocupados com questões referentes à Educação Matemática, promoveram debates e discussões com vistas a um futuro promissor no espaço que lhes cabia no campo educativo. Essa preocupação motivou a realização do I Encontro Nacional de Educação Matemática. Hoje, este evento é o mais importante no âmbito nacional, porque congrega o universo dos segmentos envolvidos com a Educação Matemática: professores da Educação Básica, Professores e Estudantes das Licenciaturas em Matemática e em Pedagogia, Estudantes da Pós-graduação e Pesquisadores. A cada encontro, constatamos o interesse pelas discussões sobre a Educação Matemática, seus fazeres múltiplos e complexos, novas tendências metodológicas e pesquisas que dão sustentação ao campo.

O I Encontro Nacional de Educação Matemática – ENEM, na PUC –SP em 1987. No ano seguinte, em 1988, realizou-se o II ENEM, na cidade de Maringá-PR, no qual ocorreu a fundação da Sociedade Brasileira de Educação Matemática –SBEM. A partir de então a SBEM realizou os ENEMs seguintes, até 1995 bianualmente e após trianualmente. Sequencialmente a história dos ENEMs foi sendo construída. O III ENEM ocorreu em Natal – RN (1990), o IV ENEM em Blumenau – SC (1993), o V ENEM em Aracajú –SE (1995), o VI ENEM em São Leopoldo – RS (1998), o VII ENEM no Rio de Janeiro –RJ (2001), o VIII ENEM em Recife –PE (2004), o IX ENEM em Belo Horizonte MG (2007), o X ENEM em Salvador – BA (2010) e o XI ENEM em Curitiba – PR (2013).

O XII Encontro Nacional de Educação Matemática será realizado em São Paulo, de 13 a 16 de julho de 2016, no Campus Anália Franco da Universidade Cruzeiro do Sul. O valor das inscrições varia de R$ 60 a R$ 300, de acordo com o perfil do participante e a data em que a inscrição será realizada. O XII ENEM aceita a submissão de trabalhos nas seguintes modalidades: Comunicação Científica (CC), Relato de Experiência (RE), Pôster (PO) e Minicurso (MC). Confira as principais datas do evento:

04/01/2016 – Início das inscrições e das submissões de trabalhos
15/03/2016 – Fim das submissões de trabalhos
31/05/2016 – Divulgação dos resultados
13/07/2016 a 16/07/2016 – realização do XII ENEM

Delegação do Espírito Santo é destaque na Feira Nacional de Matemática

As duas equipes capixabas foram destaque na Feira Nacional de Matemática. A quarta edição do evento foi realizada na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul – SC, e reuniu cerca de 140 exposições de 15 estados brasileiros. As Feiras de Matemática são processos educativos científico-culturais, que aliam vivências e experiências; das quais podem participar na condição de expositores, alunos matriculados na Educação Básica (compreendendo Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio), Educação Superior, Educação Especial e Professores das instituições das redes públicas e privadas, bem como pessoas da comunidade, do Brasil.

IV Feira Nacional de Matemática
IV Feira Nacional de Matemática

Os dois grupos participantes são do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e disputaram na modalidade Matemática Aplicada e/ou Inter-relação com Outras Disciplinas, categoria Ensino Médio. Os trabalhos intitulados “Estabelecendo relações entre matemática e arte a partir do estudo de transformações geométricas em obras de Escher” e “Uma análise sobre a presença da razão áurea em logomarcas de organizações atuantes no Brasil” foram desenvolvidos por Jacy Bruno Sotele e Thaina Bonfá e por Hugo Pereira Stocler e Reziele Maria Malavasi, respectivamente.

Os alunos cursam ensino médio integrado ao técnico em administração, no campus Linhares do Ifes, e foram orientados pelo professor Lauro Chagas e Sá.

No último dia de evento, as duas equipes representantes do Espírito Santo receberam o troféu de destaque – maior premiação do evento. E esta foi a primeira vez que uma equipe capixaba representa o estado no evento.

Delegação capixaba com as medalhas e troféus conquistados.
Delegação capixaba com as medalhas e troféus conquistados.